Frederico Osvaldo (O Grude)

O dia era 20 de Janeiro de 2006. Quer dizer, era noite. Melhor, madrugada… Tinha ido ver um som d´Os My Friend e Batata me chamou pra tocar com Jaime e ele… O groove rolou punk até altas horas e o nível de sangue na corrente alcoólica estava bem abaixo dos normais quando alguém me deixou em casa (porque será que não me lembro quem foi…) . Me encaminhei cambaleante com a chave não mão e estava abrindo a porta quando senti algo estranho acontecendo com a barra da minha calça, olho pra baixo e quem vejo??? Um filhote de cachorro querendo brincar às 4 e pouca da matina!!! Consegui me desvencilhar do cão feroz que me atacava, adentrei a portaria e fui seguido por ele. Deixei a porta aberta por um tempo pra ver se ele saia, mas, como era uma noite um pouco fria, pensei em deixa-lo passar a noite na portaria para que o filhotinho não sentisse frio. O elevador chegou e entrei, quando estava prestes a parar no meu andar, olhei pra baixo e quem vejo??? Sim, ele… saí do elevador e fui seguido até a porta de casa, abri e não deu outra, ele foi entrando na minha frente como se a casa já fosse dele à muito tempo…
Essa é a história de como Fred Calabresa escolheu sua casa…

2 comentários

  1. E hoje ele é feliz igual a Jesualda!Esse dog é gente fina igual ao dono!Ele ja te ensinou bons truques hein Lorinho?Agraço amizade o blog ta bala!

  2. Salve simpatia!Valeu Mafrên!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: