Carta aos artistas (drops)

“Aquele que cria dá o próprio ser, tira alguma coisa do nada – ex nihilo sui et subiecti, se diz em latim – e isto, em senso estrito, é o modo de proceder exclusivo do Onipotente. O artífice, ao contrário, utiliza algo já existente, dando-lhe forma e significado.”
“Na criação artística o homem revela-se mais do que nunca imagem de Deus e realiza esta tarefa principalmente convertendo a estupenda matéria da própria humanidade e, depois, exercendo um domínio criativo sobre o universo que o rodeia.”
“O Artista divino, com admirável condescendência, transmite ao artista humano uma faísca de sua sabedoria transcendente, chamando-o a compartilhar de sua potência criadora.”
“O artista, quanto mais consciente é de seu dom, tanto mais se sente movido a olhar a si mesmo e à toda criação com olhos capazes de contemplar e de agradecer, elevando a Deus seu hino de louvor. Somente assim pode compreender a fundo a si mesmo, sua própria vocação e missão.”
“Nem todos são chamados a ser artistas no sentido específico da palavra. Entretanto, segundo a expressão do Gênesis, a cada homem é confiada a tarefa de ser artífice da própria vida; de certo modo, deve fazer dela uma obra de arte, uma obra-prima.”

Vaticano, 4 de abril de 1999
Solenidade da Páscoa da Ressurreição
Papa João Paulo II

(pescado do Orkut de Marco Feitosa
acessado em 25/04/2007

One comment

  1. Luciano Carôso · · Responder

    Caro Espinhoso:Comprei um Eee PC. Enquanto estou fazendo um interminável backup no Notebook, fico aqui testando meu novo brinquedinho. Resolvi então fazer algo que me dá imenso prazer e que, por bitolação de trabalho (você bem sabe o que significa essa minha fase acadêmica), não faço há meses: visitar seu blog. Muitas novidades pra mim e muita coisa legal. Adorei o vídeo do ganzá, as fotos, os poemas, tudo. Tirando a amizade e a admiração que tenho por você e que obviamente me deixa pré-disposto para o conteúdo do blog, ainda sobra muito talento, leveza, sutileza e simplicidade. Parabéns!Agora quando estive em Roma fui fazer aquela vista básica ao Vaticano. Entre outras coisas visitei uma espécie de tumba onde estão os restos mortais de muitos papas, inclusive os de João Paulo II. Fiquei impressionado com a devoção das pessoas diante do seu mausoléu. Os seguranças têm que intervir constantemente pra não virar confusão por causa da comoção das pessoas. Ele era realmente um cara sensacional. Só quem tem necessidade biológica e visceral de criar consegue ter essa prisma que o texto dele reflete.Tô chegando daqui papôco e contando com aquele acarajé na Cira!Abração,LC

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: