Bio

espinheira-perfil

English version at the end of the page

  • Alexandre Espinheira, soteropolitano, mestre e doutor em música, com ênfase em composição de música dos séculos XX e XXI.
  • Em 1994 ingressou no curso de Composição da Escola de Música da UFBA;
  • Estudou composição com Wellington Gomes, Joseph Sekon, Ricardo Bordini e Agnaldo Ribeiro;
  • Foi finalista de diversos concursos de composição em Salvador (XXII e XXIII Apresentação de Compositores da Bahia, VII Concurso Nacional de Composição “Bahia Ensemble”, XXIV Apresentação de Compositores da Bahia “Oito Violoncellos em Concerto”) e em São Paulo onde recebeu uma Menção Honrosa no II Concurso Nacional de Composição “Camargo Guarnieri” pela peça Mitch Van Bohn;
  • Graduou-se em 2000;
  • Em 2006 ingressou no mestrado em Composição sob orientação de Ricardo Bordini;
  • Em 2007 foi vencedor de uma das categorias do concurso de composição Ernst Widmer com a peça Ballerine;
  • Em Fevereiro de 2008 realizou a defesa da sua dissertação intitulada T1patacuntum: Suite sinfônica de gêneros baianos que utiliza a Teoria Pós-tonal para geração de material compositivo (download aqui);
  • Durante a Pós-graduação estudou com Jamary Oliveira, Ricardo Bordini, Paulo Costa Lima, Wellington Gomes e Pedro Kröger;
  • É membro do grupo de pesquisa GENOS e da Oficina de Composição Agora (OCA);
  • Participou como co-organizador dos II e III Festival Internacional de Música Contemporânea em Salvador nos anos de 2008 e 2010;
  • No ano de 2009 teve a peça Meta: 1. alvo, mira selecionada para a XVIII Bienal de Música Contemporânea Brasileira e a peça Oxogbô premiada com uma Menção Honrosa no I Concurso de Composição Fernando Burgos em Salvador;
  • Em 2010, teve a peça cinco poemas miniatura executada durante o XXV Panorama da Música Atual pelo Grupo Novo da UNIRIO (GNU);
  • Em dezembro de 2011 defendeu a tese intitulada A Teoria Pós-tonal Aplicada à Composição: Um guia de sugestões compositivas (download aqui). Apesar de recomendado para publicação, todo o conteúdo do Guia de Sugestões Compositivas está online.
  • Em 2012 teve a peça Quatro Momentos para Iansã estreada nos EUA e a peça Moda de Viola estreada em Portugal;
  • Em 2013 foi professor substituto de composição, harmonia e orquestração da Escola de Música da UFBA;
  • Em 2014, ao completar 20 anos de carreira, teve 7 obras estreadas em Salvador (BA), Uberlândia (MG), Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro;
  • Também em 2014, foi vencedor do Prêmio Funarte de Composição Clássica na categoria Orquestra Sinfônica com a obra E tornou-se Fábula;
  • Atualmente, é coordenador do Música de Agora na Bahia e músico na Escola de Dança da UFBA;
  • É também percussionista atuante em Salvador e trabalha com música eletroacústica e computacional.

Currículo Lattes (aqui)

espinheira-perfil-comico

In english:

  • Alexandre Espinheira was born in Salvador, Bahia, Brazil. He is PhD in Music and his research focuses in composition of twentieth and twenty-first century music and post-tonal theory;
  • In 1994 he attended the School of Music of the Federal University of Bahia for his undergraduate degree;
  • In 2007 his piece Ballerine was awarded first prize of the composition competion Ernst Widmer;
  • He obtained his Masters of Composition in 2008 – Thesis: T1patacuntum: Symphonic suite of genres from Bahia using the post-tonal theory to generate compositional material (download here – in portuguese);
  • During the graduation he studied with Jamary Oliveira, Ricardo Bordini, Paulo Costa Lima, Wellington Gomes e Pedro Kröger;
  • He is also member of GENOS research group and of OCA (the portuguese acronym of Now Composition Manufactory, a group of composers);
  • In 2008 and 2010, Alexandre was the co-organiser of the II and III International Festival of Contemporary Music in Salvador, Bahia, Brazil;
  • In 2009, the piece Meta: 1. alvo, mira was premiered at the Brasilian Contemporary Music Bienal, in Rio de Janeiro, and the piece Oxogbô was awarded a honorable mentionat the Composition Competition Fernando Burgos in Salvador;
  • In 2010, his piece cinco poemas miniatura was performed at XXV Panorama da Música Brasileira by the GNU (Grupo Novo da UNIRIO);
  • In december, 2011, Alexandre received his PhD in Music – Dissertation: Post-Tonal Theory and Composition: A Guide of Compositional Possibilities (Ricardo Bordini: advisor) (download here – in portuguese). All the content of the guide is online (in portuguese);
  • In 2012, his piece Quatro Momentos para Iansã was premiered in USA and the piece Moda de Viola in Portugal;
  • In 2013 he was substitute teacher of composition, harmony and orchestration at the school of Music of the Fedral University of Bahia;
  • In 2014, completing 20 years of carreer, had 7 works premiered in Brasil at Salvador (BA), Uberlândia (MG), Belo Horizonte (MG) and Rio de Janeiro;
  • Also in 2014, he won the Funarte Prize of Classical Composition (Symphonic Orchestra) with the work E tornou-se Fábula;
  • Nowadays, he is coordinator of the contemporary music festival Música de Agora na Bahia and is musician at the Dance School of the same university;
  • Alexandre is also a percussion player (popular music) and works with electroacoustic and computational music.

 

2 comentários

  1. Guilherme Bertissolo · · Responder

    Sou teu fã! Voltei aqui pra ler o blog depois de muito tempo… tá massa! Parabéns

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: